4/28/2008

João Pedro 3 messes


Hoje o João Pedro faz 3 messes, todo dia é uma festa e hoje ainda mais, meu telefone não parou de tocar, muitos parabéns, aqui é assim...
Me apaixono a todo instante e não me canso de olhar, meu anjo, minha vida...minha paz. Meu presente de Deus.
E não importa quais caminhos percorri para ganhar esse privilégio de ser mãe em uma familia tão maravilhosa como a minha e com tantos amigos que nos querem bem. Não me importa quantas mentiras ou quantas vezes minha familia e amigos foram usados para sustenção alheia de insanidade.
Não lembro, não ligo...e apenas toco nesse assunto agora porque é nessa hora que agradeço, uma vida é o melhor presente é a vitória!
João Pedro cresce muito rapido, assim como crescia na minha barriga, esperto demais e como diz o pediatra...um tourinho!
Já tem suas preferências, nada de banhos quentes...morninho como na barriga, nada de chupeta, só quando solicitada, colo só de quem conhece, nada de colo de estranhos, brinquedo só o macaco...as vezes o pintinho e o tico....sentar na barriga só do vovô...risada engraçada com cuspidinha é da vovó...brincadeira de lutinha com o titio...puxar os cabelos só da mamãe...amigos...nossa...quantos amigos ele já tem..os da mamãe os do titio os da vovó e vovô, as crianças e os que ele já fez no shopping...as vendedoras da loja de importados.
Meu bebê ta crescendo...cada dia, um diferente do outro.
Aprendi com você a ter calma, esperar e entender, amor não se mede, não se diz a cada meia hora...apenas se sente e se da sem ser notado.
Entendi que amor era aquela meia hora que você chegava tarde do trabalho e me dava carinho com a cabeça em seu colo, me contando com foi seu dia, era o ombro quando me fazia dormir, era a falta que dizia que eu fazia e o cíumes que sentia...era a insistência em dizer que eu era acelerada demais, ou quando você colocava a musica que eu gostava em seu carro, eu troquei amor, mas aprendi com o João Pedro, que o amor esta nos detalhes, aqueles pequenos e simples que na maioria das vezes nunca damos conta. Me dei conta agora...mas aprendi. Ganhei muita coisa boa nesse tempo, sei que o tempo não volta atrás, mas me sentir especial por essas coisas que não dei valor agora é bom, nunca me esqueço a falta que me fazia quando você trabalhava sabado e domingo e te esperar era bom...sempre foi!
Mas esse post não é sobre você...é apenas para me lembrar como fui feliz e sou! Esse post é para o João esse post é sobre o amor...

Um comentário:

Saulo Milleri Biral disse...

Legal o seu blog. Se quiser, visite o meu também.
saulo-blog.blogspot.com
Valeu e até mais.